CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Leandro Cunha
Somos imortais, viemos de Deus e a Deus voltaremos.
Textos

A Diversidade Comunista
 
     Tancredo Neves uma vez disse que “ser comunista quando jovem faz sentido, mas depois de velho é mau caratismo mesmo”.
     Qual o ponto central do socialismo ? “Baseia-se, sobretudo, no princípio de igualdade, a corrente socialista emergiu como uma forma de repensar o sistema capitalista que vigorava na época”. E ainda vigora !
     Ora, princípio da igualdade ? Como tratar igualmente os desiguais ? O mundo, o universo é formado pela diversidade, é impossível acabar com a heterogeneidade. O que é ser heterogêneo ? É a natureza desigual, que apresenta diferenças (diversidade) de estrutura, função, distribuição, quantidade, qualidade, tamanho, densidade, peso, etc.
     Há diversidade até na unidade. Vejamos uma floresta, é composta por enorme diversidade de fauna e flora. Então, como tratar igualmente os desiguais ? Vejamos os cães, quantas raças de cães existem no mundo além dos famosos vira-latas ? Quantos tipos de felinos existem ? Quantas raças de cavalos, de peixes, de bois ?
     O mundo é diverso. Os homens são diversos, há pessoas brancas, negras, amarelas, vermelhas, altas, pequenas, gordas, magras, de olhos verdes, azuis, pretos, cabelos loiros, castanhos, vermelhos e assim por diante.
     Para quem crê em Deus, Ele criou o universo diverso. Para quem não acredita em deus, a natureza criou tudo de forma diversa. Isso é sabedoria ! Igualar todos no mesmo patamar, é injusto. Muito injusto. Qual o fator motivacional que um cientista terá para desenvolver um trabalho, sendo tratado social e economicamente como um lixeiro (com todo respeito que a função de lixeiro merece, pois é de suma importância) ?
     O grande problema do socialismo/comunismo que nos circunda, é querer nivelar a sociedade por baixo de forma a subjugá-la de alguma forma. Na América Latina subjugá-la pelo medo, pela violência, pela fome e pelo voto de cabresto. Simplesmente a ditadura do proletariado, que a própria Rússia abandonou, pois entendeu que não deu certo. Qualquer ditadura, de direita ou de esquerda começa pela mordaça, exterminando a liberdade de expressão e a liberdade de imprensa.
“Princípio da igualdade” ? Será que os comunistas/socialistas conseguirão acabar com o sofrimento das pessoas, por exemplo ? Afinal de contas, é injusto algumas pessoas sofrerem mais do que outras. É injusto algumas pessoas serem felizes e outras não ? Assim como é muito injusto alguns serem ricos e outros não.
     Como o princípio da igualdade resolverá a grande injustiça de que alguns são mais inteligentes do que outros ? Alguns são mais espertos do que outros, uns são sábios, outros não.
   Gostaria de saber como o “princípio da igualdade” resolverá o nefasto problema da maldade entre os homens ?
     Qualquer país cuja Constituição não estabeleça, no mínimo, como cláusulas pétreas :
- a liberdade de expressão,
- a liberdade de imprensa,
- a liberdade de ir e vir,
- a liberdade religiosa,
- a alternância no poder,
- o direito e o respeito as oposições,
- o direito, liberdade e garantias dos cidadãos e dos trabalhadores,
- a independência entre os 3 poderes,
não será uma nação democrática e, sim, uma DITADURA incontestável.
     Portanto, o princípio de igualdade, em democracias, não é justo. Em uma democracia séria, deve prevalecer os princípios MÍNIMOS para que o indivíduo ou sua família vivam e sobrevivam com respeito e qualidade de vida, sendo assegurado pela SOCIEDADE direitos integrais a moradia, alimentação, saúde, educação, segurança pública, transporte urbano, salário-mínimo decente e justo para que o cidadão e sua família possam viver com dignidade.
     Se o Estado ensinar as pessoas de forma séria e resoluta a pescar, com o tempo não precisará mais colocar peixe no prato, pois elas estarão aptas a sobreviver por si mesmo. A palavra-chave para o tratamento do cidadão é : DIGNIDADE.

Leandro Cunha
Leandro Cunha
Enviado por Leandro Cunha em 21/08/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Leandro Cunha - www.leandrojcunha@yahoo.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários